Riacho de Santana: Profissionais de enfermagem pedem mais apoio do Poder Público no combate à pandemia; prefeito Alan Vieira se manifesta

Foto: Reprodução

Em manifestação pelas ruas de Riacho de Santana (BA), na tarde deste sábado (23), profissionais da área de enfermagem solicitaram mais apoio do Poder Público Municipal para auxiliar à classe no combate à pandemia do novo coronavírus. No ato, os enfermeiros cobraram mais valorização à categoria, fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além da diminuição da carga horária de trabalho e o pagamento de insalubridade. [confira o vídeo do protesto]

Em contato com a nossa reportagem, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Riacho de Santana (SINSERP) – Reginaldo Alves defendeu o movimento e cobrou providências do executivo riachense. “Os auxiliares de enfermagem, técnicos e também auxiliares de serviços gerais do hospital e PSFs revindicam dos gestores do município respeito no sentido amplo da palavra, valorização, pagamento do adicional de insalubridade e redução de carga horária e o fornecimento de EPIs adequados para exercer o seu trabalho“, disse.

O OUTRO LADO

Em entrevista ao Portal Folha do Vale, o secretário municipal de Saúde, José Santana Flores disse, que respeita qualquer tipo de movimento democrático, no entanto, ele avaliou que algumas afirmações não retratam a verdade dos fatos. “Se isso fosse verdade ninguém estaria cumprindo plantão, o que existe na unidade é desperdício”, manifestou.

Procurado pelo PORTAL VILSON NUNES, o prefeito Alan Vieira, esclareceu sobre as medidas adotadas pela gestão no enfrentamento do Coronavírus, e também se manifestou a respeito do protesto realizado pelos profissionais de saúde. [ouça na íntegra]

CASOS CONFIRMADOS

Até o momento o município de Riacho de Santana registrou dois casos confirmados da covid-19. [Confira o boletim]

Foto: Divulgação

Feito por Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.