Apesar do aumento da taxa, Palmas de Monte Alto continua com problemas na iluminação pública; há três meses não tem material para reposição

0
Iluminação pública (Foto: Portal Vilson Nunes)

Uma das áreas de maior reclamação da população montealtense, a Iluminação Pública continua apresentando sérios problemas no município de Palmas de Monte Alto (BA), mesmo após à aprovação do Projeto de Lei (PL), que aumentou em até 110% o valor pago pelo consumidor da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (CIP), no referido município. Passados quase um ano que o PL entrou em vigor, a população da cidade continua diariamente ligando na Rádio Visão FM para cobrar da prefeitura reparos no setor, entretanto, apesar de muitas cobranças, conforme foi apurado pela reportagem, desde o mês de setembro, está em falta os materiais necessários para fazer os reparos que são necessários.

Foto: Leitor do Portal Vilson Nunes

Na zona rural, a situação é semelhante e, em alguns casos até pior do que na cidade, pois famílias que eram isentas de pagar a contribuição passaram a receber a cobrança automática em seus talões de energia, no entanto, jamais foram beneficiadas com os referidos serviços. O fato foi confirmado pelo internauta Sandro Silva, da comunidade de Jaguaré, zona rural do referido município. “Precisamos de providências do prefeito com relação a iluminação pública para a nossa comunidade, pois pagamos uma taxa muito alta e não temos o serviço. Aqui são mais de 3 anos que pagamos a taxa e nada até hoje”, desabafou ele.

Na semana passada, durante entrevista ao programa Giro de Notícias, da Rádio Visão FM, a vereadora Rosemaura Pereira Mesquita (PSD), mais conhecida como “Rose da Barriguda”, que faz parte da base aliada do prefeito, disse que, na sua região às pessoas estão reclamando demais do aumento da taxa de iluminação pública, pois a gestão não tem atendido os pedidos de reposição de lâmpadas e braços de lâmpadas. Diante disso, a parlamentar assumiu estar profundamente arrependida de ter votado favorável ao projeto. “Me arrependi sim. O prefeito não cumpriu com o trato nosso, pois ele disse que iria repor braços de lâmpadas e lâmpadas, o povo agora tá pagando a taxa sem usufruir do serviço”, relatou a vereadora.

Procurado pelo Portal Vilson Nunes, o funcionário responsável pelo setor de iluminação pública, afirmou que, ele tem conhecimento da demanda existente em todo o município, porém alegou que, continua aguardando a chegada do material para efetuar os reparos necessários. A nossa redação tentou manter contato com a Secretaria Municipal de Obras, no entanto, até o fechamento da matéria não obteve êxito.

Fonte: Portal Vilson Nunes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.