TRE-BA aplica multa de R$ 300 mil a prefeito eleito, vice e partido político de Caculé

Prefeito Pedro de Caculé (Foto: Reprodução)

Durante a sessão de julgamento do dia 10 de dezembro, sobre a sentença da 93ª Zona Eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) condenou os candidatos eleitos para prefeito e vice-prefeito da cidade de Caculé, a 100 km de Brumado. Pedro Dias e William Lima terão de pagar multa de R$ 100 mil cada, assim como o partido ao qual são filiados, o (PSB), totalizando R$ 300 mil. No julgamento da sentença, o relator Roberto Maynard Frank deixou clara a gravidade da situação. “Em relação a proporcionalidades de valores, os danos à coletividade são muito maiores que a aplicação de qualquer multa”, disse.

A desembargadora Zandra Anunciação pontuou duras críticas ao evento político realizado no dia 31 de outubro de 2020, em Caculé, o qual contou com trio elétrico e paredão de som. “Penso que o bem a ser protegido é a vida, realmente, a desobediência foi o que marcou a decisão e a população está pagando por isso, com essa segunda onda”.

Fonte: Achei Sudoeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.