Senador Otto discute com advogado de Wizard e ameaça chamar Polícia Legislativa durante CPI da Covid; veja vídeo

Foto: Reprodução

O senador baiano Otto Alencar (PSD-BA) se desentendeu, nesta quarta-feira (30), com o advogado de Carlos Wizard, Alberto Zacharias Toron. O parlamentar, que presidia temporariamente a sessão destinada ao depoimento do empresário, se exaltou e chegou a sugerir que a Polícia Legislativa o retirasse da sala.

O bate-boca ocorreu após Alencar provocar o defensor dizendo que ele estava “corado”, enquanto “Wizard amarelou”. Toron tentou responder ao senador, mas foi interrompido pelo parlamentar e se irritou: “O senhor não pode me ofender. Isso é de uma covardia”.

O senador reagiu à manifestação do advogado. “Eu vou mandar retirá-lo. Vou chamar a Polícia Legislativa para tirá-lo daqui”, disparou.

Rogério Carvalho (PT-SE) endossou o pedido de Alencar. Já Eduardo Girão (Podemos-CE) saiu em defesa de Toron. “Otto, você fez chacota com o advogado”, enfatizou. Com os ânimos contidos, o advogado pediu para falar.

“Vossa excelência se referiu a mim de forma jocosa, de forma a me colocar em ridículo e quando eu quis responder, vossa excelência não permitiu. Estou aqui trabalhando, conheço muitos senadores e tenho o maior respeito por todos. Meu objetivo aqui é calado acompanhar, mas vossa excelência se referiu a mim. Não preciso ofender e muito menos quis ofender o senhor”, disse. [assista]

Advogado de Wizard recebe apoio de entidades depois de quase ser expulso de CPI

O advogado Alberto Toron, recebeu a solidariedade do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, e do Instituto dos Advogados de São Paulo. “A OAB acompanha o caso com atenção e pronta para todas as medidas cabíveis”, afirmou Santa Cruz. “A missão do advogado é sagrada e deve ser preservada e compreendida mesmo nas piores crises”, seguiu ele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.