Promotor tem mandado de prisão expedido por desembargador do TJ-BA

promotor de Justiça do Estado da Bahia Almiro Sena (Gilberto Júnior//BNews)

O desembargador Mario Alberto Simões Hirs, do Tribunal de Justiça da Bahia, expediu um mandado de prisão preventiva contra o promotor de Justiça Almiro Sena, acusado de assédio sexual quando esteve no cargo de secretário estadual da Justiça.

Em sua decisão, o magistrado ressalta que consta nos autos da denúncia a prática de cinco crimes de assédio por parte do ex-secretário.

Mário Hirs também frisa que foram feitas diversas tentativas de localização do denunciado, mas não houve êxito por parte dos oficiais de justiça. “Os oficiais de justiça designados constataram haver, na janela do apartamento do réu, uma placa na qual se lia “aluga-se”, além de terem entrado em contato com várias pessoas, inclusive vizinhos, que afirmaram que não viam o réu há muito tempo, não constando dos autos novo endereço, frustrando-se, por conseguinte, o regular andamento do feito”, menciona o desembargador em sua decisão.

A reportagem do BNews entrou em contato com a defesa do acusado, Gamil Föppel, que disse não estar sabendo da decisão contra seu cliente.

Fonte: Bocão News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.