Polícia Civil prende homem acusado de estupro contra enteada de 13 anos na zona rural de Malhada; ele já respondia pelo mesmo crime em Mato Grosso

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira (5), um homem – que não teve a identidade revelada – foi preso no distrito de Canabrava, na zona rural do município de Malhada, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça criminal de Rondonópolis, Mato Grosso, pela prática do crime de estupro. O mandado foi cumprindo por volta das 10h40, através da Delegacia Territorial de Malhada/BA, com apoio de investigadores lotados na 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin).

Segundo a polícia, o acusado foi condenado a uma pena de 7 anos de reclusão pela prática do crime de estupro, mas estava foragido. Além da condenação no Mato Grosso, o condenado é suspeito de ter praticado relação sexual e ter engravidado a sua enteada de apenas 13 anos, no distrito de Canabrava. Na ocasião, após um trabalho investigativo, a Polícia Civil constatou que o acusado tinha um mandado de prisão aberto na cidade de Rondonópolis pelo crime de estupro, razão pela qual foi dado o devido cumprimento.

Na delegacia, o acusado teria confessado que praticou relação sexual com a sua enteada e acreditava que o filho era seu. É importante ressaltar que além do cumprimento da pena de sete anos de reclusão, o acusado responderá pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra a sua enteada, podendo se sujeitar a mais uma pena de até 15 anos de reclusão.

De acordo com o delegado Zanderlan Fernandes, foi requisitado junto ao Departamento de Perícia Técnica a realização do exame de DNA, onde será confrontado o DNA do acusado com a da criança a fim de constatar a paternidade.

Fonte: Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.