Palmas de Monte Alto: Mulher leva prejuízo de quase R$ 5 mil após cair no “Golpe do Amor”; pai da vítima fez empréstimo para enviar ao estelionatário

(Foto: Reprodução)

O famoso “Golpe do Amor” deixou uma mulher em Palmas de Monte Alto com um prejuízo avaliado em R$4.800,00 (quatro mil e oitocentos reais).

A vítima teria conhecido o golpista através do Instagram, onde recebia inúmeras declarações e promessas de casamento. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado, o estelionatário teria se apresentado como Justin Diego. Ele se passava por um homem de grande poder aquisitivo da Alemanha que queria ajudá-la financeiramente. Dinheiros, presentes e encontros eram prometidos, mas nada era real. Inicialmente, a vítima fez uma transferência de R$ 800,00 (oitocentos reais) ao falso namorado que, segundo ele, teria enviado uma quantia de US$ 10.000,00 (dez mil dólares) em espécie, além de bolsas, relógios, diamantes, joias e calçados que  haviam sido retidos por empresa de transportes internacionais, sendo preciso transferir o valor, via pix para a empresa. Os objetos e o dinheiro não chegaram para a mulher.

Após isso, um possível encontro foi marcado. O golpista teria saído da Alemanha para vir conhecê-la, mas alegou ter sido preso na alfandega por estar com um alto valor em dólares. Uma mulher, que se passava por Jeniffer Martins de Oliveira, teria entrado em contato com a vítima dizendo ser a advogada de Justin e, novamente, solicitando mais dinheiro. “Ela disse que eu precisava pagar R$ 1.000 (mil reais) para que as documentações dele fossem liberadas e posteriormente, me pediu mais R$ 3.000,00 (três mil reais). Eu acabei fazendo as transferências para uma chave pix, que seria o CPF da falsa advogada. E ela continuou me pedindo mais dinheiro, foi aí quando percebi que se tratava de um golpe, até porque também havia uma diferença na escrita do nome que ela teria se apresentado  para com o nome do titular da conta”, declarou a mulher à Polícia.

Todo o valor perdido era de um empréstimo que o pai da vítima fez para que ela pudesse mandar ao estelionatário. A Polícia Civil investiga o caso.

Feito por Amanda Santos/Portal Vilson Nunes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.