Palmas de Monte Alto: Maquiadora denuncia crime digital após ter conta no Instagram hackeada

Foto: Reprodução

Na manhã da última terça-feira (26), a maquiadora – Larissa Bastos Lima Nobre, de 25 anos, esteve na Delegacia de Polícia de Palmas de Monte Alto, registrando um Boletim de Ocorrência, onde alegou ter sido vítima de crime digital, após ter o perfil do Instagram hackeado.

Procurada pelo PORTAL VILSON NUNES, a denunciante esclareceu que, após registrar o BO, relatou o problema ao Instagram, no entanto, não conseguiu ‘recuperar de jeito nenhum’.

Desde então, a jovem tem passado por situações constrangedoras. Segundo ela, a sua vida profissional também foi afetada. “Perdi todos os meus contatos de agências e todas as mensagens. Ali também era meu trabalho, pois era onde eu fazia propagandas para algumas lojas”. Agora, buscando recomeçar, a maquiadora criou uma nova conta na rede social (https://instagram.com/larissabln2?igshid=iffapdi1ounn).

Além disso, ela pede para que as pessoas denunciem a conta hackeada, com o objetivo de que ela seja excluída. De acordo com Larissa, medidas judiciais serão tomadas.

VEJA O QUE DIZ A LEI

Mentir sobre sua identidade ou sobre a identidade de outra pessoa para obter alguma vantagem indevida ou para causar dano a alguém – Trata-se do crime de Falsa Identidade, previsto no artigo 307 do Código Penal e cuja pena pode variar de três meses a um ano de prisão além do pagamento de multa;

Marco Civil

O Marco Civil da Internet (Lei 12.965/2014) foi sancionado em 2014 e regula os direitos e deveres dos internautas. Ele protege os dados pessoais e a privacidade dos usuários. Dessa forma, somente mediante ordem judicial pode haver quebra de dados e informações particulares existentes em sites ou redes sociais.

Uma das grandes inovações diz respeito a retirada de conteúdos do ar. Antes de sua entrada em vigor, não havia uma regra clara sobre este procedimento. A partir da Lei do Marco Civil da Internet, a retirada de conteúdos do ar só é feita mediante ordem judicial, com exceção dos casos de “pornografia de vingança” (“revenge porn“). Pessoas vítimas de violações da intimidade podem solicitar a retirada de conteúdo, de forma direta, aos sites ou serviços que hospedem este conteúdo.

SAIBA COMO SE PROTEGER DE HACKERS

Segundo um relatório da empresa Norton, o Brasil é um dos países com maior índice de cibercrime no mundo. Na mira dos criminosos estão senhas e dados bancários e contas de celebridades nas plataformas digitais.

Para evitar que sua conta seja hackeada, ou seus dados roubados, o aplicativo Lastpass facilita sua vida, gerando senhas fortes para cada serviço no qual você tem uma conta, tudo criptografado atrás de uma “senha mestre”.

Fonte: Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.