Pai pede ajuda para crianças após perder esposa e filha em tragédia na zona rural de Guanambi

Foto: Reprodução

Dois dias depois de enterrar a companheira Luciene Cruz da Silva, de 35 anos, e sua filha Vitória Cruz da Silva, de 4 anos, o pai Fábio, informou que está passando por dificuldades para sustentar os outros filhos. Com ajuda de conhecidos e vizinhos, ele pediu ajuda à população com fraldas, roupinhas e  leite para os três filhos. Segundo ele, o pequeno de 3 anos ainda mamava.

Luciene deixou três filhos, uma adolescente de 12 anos e dois meninos com idades de 9 e 3 anos. Ela e a filha morreram afogadas no final da tarde da última segunda-feira (10). Na ocasião, a mulher tentou salvar a filha que havia caído em um poço de aproximadamente 6 metros de profundidade, na fazenda Olho D’Água do Icor, na região do Suruá, zona rural de Guanambi.

Emocionado, o pai afirmou que os filhos estão sob os cuidados da família. “Estamos tendo dificuldade, o pequeno sente muita falta da mãe e não para de chamar por ela. Ele é apenas uma criança. Aqui em casa não tem nada”, comenta o pai.

Quem quiser ajudar, pode entregar as doações em um Lava Jato, que fica situado em frente à Codevasf, em Guanambi, ou pode manter contato com Simone (filha da proprietária do estabelecimento), através do telefone 9-99645557.

Fonte: Folha do Vale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.