Mortes de profissionais da saúde por Covid-19 despencam após vacina, indicam estudos

Foto: Divulgação l GOV-BA

Levantamentos preliminares de casos e mortes por Covid-19 entre profissionais de saúde mostram que a vacinação da categoria, iniciada em janeiro deste ano, começa a surtir efeito. Dados do Conselho Federal de Medicina (CFM), divulgados em matéria publicada neste sábado (10), pelo jornal O Globo, apontam uma queda de 83% no número de médicos mortos em março, na comparação com janeiro, período em que grande parte dos profissionais de saúde começou a ser vacinada.

Ainda segundo a publicação, não há estudos conduzidos apenas com imunizados, e os parâmetros de avaliação divergem entre diferentes instituições, mas o avanço da imunização já traz reflexos para quem trabalha na linha de frente do combate à doença. “São trabalhos muito iniciais, mas sinalizam um caminho de melhora, como ocorreu em outros países”, disse Helena Carneiro Leão, vice-corregedora do CFM.

No Ceará, um estudo conduzido na Escola de Saúde Pública do estado mostrou que a vacinação fez despencar os casos de infecção nos trabalhadores de saúde após a aplicação das duas doses da vacina Coronavac. Enquanto na população do estado foram notificados 32.768 casos entre 8 e 14 de março — 74,6% a mais do que no pico de 2020 —, entre os profissionais de saúde houve queda de 72%, com apenas 355 infecções registradas. No estado, 238 mil funcionários do setor (93,5% do total) já receberam as duas doses da Coronavac.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.