Médico de Caculé residente nos Estados Unidos é o primeiro baiano a tomar a vacina Pfizer

Foto: TV Bahia

Um médico baiano que mora em Boston, nos Estados Unidos, foi vacinado contra a Covid-19 na terça-feira (15), no país norte-americano. Lucas Castro é natural da cidade de Caculé, a 100 km de Brumado, e, há 2 anos, mora com a família nos Estados Unidos. “A gente também estava bem ansioso, porque a gente que lidou com a Covid, foi bem difícil. Foi um momento de muita felicidade e pelo menos a gente pode trabalhar mais tranquilo. Estamos na torcida para que a vacina chegue aí no Brasil também”, disse Lucas em entrevista ao Bahia Meio Dia, da Rede Bahia.

De acordo com o G1, Lucas é médico anestesiologista e já trabalhou no Hospital Santo Antônio e em outras unidades particulares, em Salvador. O baiano tomou a vacina junto com outros profissionais de saúde, um dos grupos prioritários para serem imunizados. “Senti dor no braço, mas nada diferente de outras vacinas que eu já tomei, muito tranquilo. Eles disseram para não mudarmos nada, manter a máscara, a distância social. Esperar a 2ª dose, que vai ser em três semanas, mas não muda nada, mesmo comportamento”, relatou Lucas.

O médico contou que tomou a vacina da Pfizer/BioNTech. No hospital no qual ele trabalha, também o imunizante da Moderna também está em processo para ser usado. “Onde eu moro é praticamente impossível ver uma pessoa sem máscara, você se sente até mal se não usar. Não tem nenhum tipo de aglomeração, as pessoas estão levando a sério, como deve ser. Infelizmente, trabalhei 4 meses na UTI com pacientes, jovens, gravíssimos”, comentou Lucas. “A vacina é muito segura, porque é baseada em engenharia genética. A eficácia foi muito boa, 2ª dose acima de 90%. Então, acho que os profissionais de saúde com os quais havia conversado estão vacinados”, completou.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.