Mais de mil produtores do sudoeste baiano recebem capacitação sobre cultivo intensivo da Palma

Foto: Divulgação/Sebrae

Doze municípios da região sudoeste do estado receberam, durante os meses de setembro, outubro e novembro, o seminário “Cultivo Intensivo de Palma”, com o engenheiro agrônomo Paulo Suassuna. O objetivo foi apresentar aos produtores locais uma técnica nova para cultivo da planta, gerando fonte de renda para propriedades rurais.  O evento do Sebrae, em parceria com as prefeituras municipais, aconteceu nas cidades de Presidente Jânio Quadros, Aracatu, Caculé, Caetité, Belo Campo, Guajeru, Urandi, Palmas de Monte Alto, Poções, Anagé, Maetinga e Barra do Choça.

Mais de mil produtores rurais tiveram acesso aos seminários nos municípios e puderam conhecer as técnicas de cultivo na prática. O cultivo intensivo da palma é uma técnica desenvolvida por Suassuna, que ministrou todos os seminários. Ele explica que esse sistema confere à palma produtividade de 10 a 12 vezes maior, se comparado com o sistema tradicional de cultivo, e a tecnologia pode transformar a vida de produtores da região sudoeste. “A finalidade, junto ao Sebrae, é difundir esse modelo tecnológico de produção de palma e que cabe como uma luva para essa região sudoeste. Para esse tipo de clima e solo, ela vai muitíssimo bem. E eu pude perceber que a maioria dos produtores tem pequenos módulos rurais, então isso vai endossar mais ainda a aplicabilidade da tecnologia do cultivo intensivo. Porque um produtor rural desse usando, em uma pequena parte de sua propriedade, a palma cultivada nesse sistema de produção, vai obter tanta produtividade que poderá aumentar o número de cabeças do seu rebanho. Assim, ele vai sair da condição de micro para médio produtor. E isso é uma melhoria de vida muito grande na vida do produtor”, acentuou.

Fonte: Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.