Lula agradece militância e ataca Lava Jato em 1° discurso após prisão

Foto: Reprodução l Estadão

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou para militância em seu primeiro discurso após deixar a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, nesta sexta-feira (8). O ex-presidente agradeceu as pessoas que trabalharam em sua defesa e que acamparam na vigília nos arredores do prédio da PF. “Vocês não tem dimensão do significado de eu estar aqui junto com vocês. Não pensei que no dia de hoje eu poderia estar aqui conversando com homens e mulheres que durante 580 dias se dedicaram a falar ‘bom dia, Lula’, ‘boa tarde, Lula’. Todo dia vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir”, falou o petista. Entre os agradecimentos, Lula também não deixou o discurso político de lado.

O ex-presidente criticou o atual governo e culpabilizou o que chamou de “lado podre da sociedade brasileira” pela sua prisão. “Um lado podre da Justiça, um lado podre do Ministério Público, da Polícia Federal e da Receita Federal tentaram criminalizar a esquerda, criminalizar o PT”, criticou o presidente ao também dirigir ataques ao ex-juiz Sergio Moro e o chefe da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol. “Se baterem o Moro e o Dallagnol juntos não se consegue 10% da minha honestidade“, argumentou.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.