Indivíduo de alta periculosidade morre, após entrar em confronto com a CAESG, na zona rural de Jacaraci

Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (12), um indivíduo – que não teve a identidade divulgada – morreu, após entrar em confronto com policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Sudoeste), durante diligências no distrito de Irundiara, na zona rural do município de Jacaraci, no sudoeste baiano.

Segundo informações repassadas pela polícia ao PORTAL VILSON NUNES, por volta das 8h, os militares realizavam rondas ostensivas no município de Jacaraci, visando reprimir as ações de assalto e roubo a gado recorrentes naquela região. Na ocasião, a guarnição tomou conhecimento de uma tentativa de assalto na madrugada, onde um indivíduo – não identificado – conduzia motocicleta de cor preta. Posteriormente, a guarnição se deslocava pela estrada da fazenda Patos sentido Irundiara, quando em sentido contrário, os policiais verificaram em deslocamento uma motocicleta conduzida por pessoa, até então não identificada, com uma arma de fogo tipo espingarda em sua bandoleira. Que o indivíduo repentinamente se assustou com o desembarque da guarnição, vindo a largar seu veículo ao chão, não obedecendo a ordem de parada, sacou de uma arma na sua cintura adentrando ao mato e efetuando alguns disparos.

Neste momento, os policiais reagiram e o indivíduo foi alvejado, Ele também portava um revólver cal 32. Baleado, ele ainda foi socorrido ao hospital de Jacaraci, mas não resistiu aos ferimentos.

Com ele, a polícia apreendeu 01 (um) revólver cal 32 com 03 cartuchos de flagrados e 03 intactos de mesmo calibre e uma espingarda cal 28 tipo cartucheira c/ 03 cartuchos do mesmo calibre. Na Delegacia, foi constatado que o falecido é responsável por diversos crimes, tais como: roubo, receptação, formação de quadrilha, ameaça e homicídio do seu próprio genitor. Também apontado com participação na tentativa de assalto aos Terminais de Atendimento Bancários de Jacaraci no mês de maio 2020.

Feito por: Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.