Igaporã: Alegando omissão, Sindicato denuncia Conselho do FUNDEB; presidente do órgão se manifesta: “denúncia improcedente”

Foto: Divulgação

O Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Igaporã (BA), professor Amado Silva Pereira Benevides, impetrou denúncia junto ao Ministério da Educação, em desfavor do CACS – FUNDEB (Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB). O Presidente alega que o referido Conselho tem se omitido no controle dos recursos da educação, haja visto, que no ano de 2021 as aulas foram remotas e houve sobras importantes de recursos na qual o prefeito municipal negou a possibilidade de rateio com os professores.

O presidente também alegou que o referido Conselho não tem realizado reuniões sem apresentar nenhuma satisfação sobre isso. “Como líder sindical contratei uma empresa para apurar a sobra de recursos e esta apontou mais de R$ 1 milhão de reais até o momento, dinheiro este que o prefeito tem se negado a dizer que há sobras. Os membros do Conselho são pessoas de estreita ligação com o gestor público e por isso pedir apuração das sobras e dos trabalhos do Conselho“, disse. [ouça]

O OUTRO LADO

Procurada pela reportagem do PORTAL VILSON NUNES, Robertta Viana, presidente do Conselho do FUNDEB rebateu as alegações apontadas na denúncia, a qual ela avaliou como improcedente. [veja a nota encaminhada]

Quero aqui cumprimentar o radialista o Sr. Vilson Nunes e demais ouvintes do Programa.
Na manhã do dia de hoje , 24 de janeiro de 2022, fui procurada pelo radialista Vilson Nunes a respeito de uma denúncia feita pelo Presidente do Sindicato dos Servidores de Igaporã ao Conselho Municipal do FUNDEB.
Como Presidente do Conselho, venho aqui fazer o seguinte esclarecimento:
A entidade (CONSELHO DO FUNDEB) como órgão fiscalizador em Igaporã vem conduzindo os trabalhos com responsabilidade, dentro da normalidade, mesmo diante de um período de pandemia, que muitas vezes tem dificultado o andamento sistematizado dos trabalhos, mas, o mesmo tem tido suas reuniões regularmente e de forma bem transparente.
A denúncia feita pelo Presidente do Sindicato de Igaporã não procede, uma vez que as análises das pastas referentes ao ano de 2021, não foram finalizadas e o próprio Conselho tem o prazo até final de fevereiro para emitir parecer.
Quanto a indicação de representantes, eu quero deixar claro que o representante dos professores que ora atua no conselho, foi indicado pelo próprio Presidente do Sindicato, em um período em que o mesmo (presidente) exercia uma a função de Gestor Escolar Municipal. Para tanto, não há o que se questionar.
Mas, quero deixar claro que estarei sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos.
Externo meus agradecimentos em nome de todos os membros do Conselho de Igaporã, pelo espaço cedido a nós em seu programa.
Robertta Viana
Presidente do Conselho do Fundeb de Igaporã

Diante da citação do nome do prefeito Neto Cotrim, a reportagem também encaminhou cópia da denúncia à Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Igaporã, no entanto, até o fechamento da matéria não houve manifestação.

Feito por Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.