Homem é preso por exercício ilegal da profissão de dentista em Urandi

Foto: Vilson Nunes / Sudoeste Bahia

Um homem foi preso em flagrante nesta terça-feira (18/07), acusado de exercer ilegalmente a profissão de dentista, durante uma ação conjunta do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA) e da Polícia Militar, no município de Urandi (BA). De acordo com informações obtidas pelo site Sudoeste Bahia, Eudes Machado da Palma, 41 anos, foi flagrado no referido local onde prestava o atendimento clandestino aos pacientes. Conforme o Boletim de Ocorrência (BO), no prédio onde funcionava o consultório, a polícia encontrou diversos materiais e equipamentos usados para o trabalho odontológico. No momento da prisão não havia nenhum paciente no consultório. O acusado foi levado para a sede da Delegacia Territorial de Urandi.

Segundo o conselho, o detido confessou que já atuava há mais de 10 anos como dentista, mas não tinha diploma, formação técnica ou registro no Conselho Regional. Ele vai responder criminalmente pelo exercício ilegal da profissão de odontologia. Caso seja condenado, pode pegar de seis meses a dois anos de prisão.

Fonte: Vilson Nunes e Marcos Oliveira / Sudoeste Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.