Guanambi registra mais dois óbitos por coronavírus e atinge 52 no total; boletim confirmou mais 39 casos

Coronavírus (Foto: Divulgação)

Na noite desta sexta-feira (2), foram confirmados mais óbitos por complicações da Covid-19 em Guanambi (BA). Com isso, o município atingiu 52 mortes no total, conforme foi informado pela Secretaria Municipal de Saúde.

A 51ª vítima trata-se de um homem de 88 anos, portador de comorbidades (Doença de Parkinson), admitido no dia 24 de fevereiro no Pronto Atendimento em Guanambi, com suspeita de covid-19, sendo coletado material para realização do exame PCR, sendo este positivo. No dia 1º de março, ele foi transferido para o Hospital de Campanha em suporte de oxigênio, e com melhora no quadro clínico recebeu alta hospitalar no dia 4 de março. No dia 1º de abril, o paciente deu entrada no Hospital Geral de Guanambi devido um quadro diagnosticado com Pneumonia  Bacteriana evoluindo com Insuficiência Respiratória Aguda e com piora no quadro clínico evoluiu para óbito nesta unidade de saúde na manhã de hoje.

A 52ª vítima trata-se de uma mulher de 85 anos, portadora de comorbidade (Hipertensão Arterial Sistêmica e Doença de Alzheimer), admitida no dia 24 de março no Pronto Atendimento em Guanambi, com confirmação de covid-19. No dia 26 de março, a paciente foi transferida ao Hospital de Campanha em suporte de oxigênio com máscara de Alto fluxo vindo a fazer uso de ventilação mecânica. No dia 31 de março, a idosa foi transferida para a UTI em Hospital de Referência em Salvador. Com piora no quadro clínico evoluiu para óbito nesta unidade de saúde na manhã de hoje.

A Secretaria Municipal de Saúde de Guanambi emitiu Notas de Pêsames às famílias enlutadas.

BOLETIM

No boletim divulgado hoje, mais 39 casos de coronavírus foram confirmados em Guanambi. Com esses novos registros, o município atingiu 5.399 casos, com 5.088 pacientes considerados recuperados. O número de pessoas com o vírus ativo está em 259, sendo que 30 pessoas estão internadas e já foram aplicadas 13.788 doses de vacinas.

Feito por Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.