Guanambi: De 115 kg para ultramaratonista, Birigui tem história de superação; confira entrevista

Birigui (Foto: Portal Vilson Nunes)

Com 39 anos de idade, o guanambiense Haryston Wesckley Costa Guimarães Rodrigues Queiroz, mais conhecido como “Birigui” tem uma história de superação quando o assunto é emagrecimento. Em entrevista ao PORTAL VILSON NUNES, o hoje ultramaratonista contou que chegou a ter 115 kg. Ele relatou que em 1º de novembro de 2017, quando morava em Guarulhos (SP), decidiu mudar a sua rotina diária e trocou o sedentarismo e o excesso de gordura pela alimentação saudável e a prática de exercício, iniciando com caminhadas e pequenas corridas.

Foto: Arquivo pessoal

Birigui não teve vida fácil, pois ele trabalhava em uma cozinha industrial, ou seja, visualizava constantemente deliciosos pratos de comida. No entanto, com foco e determinação, ele estabeleceu uma meta e, em pouco tempo já estava correndo mais de 20 km por dia, conseguindo eliminar 55 kg. Atualmente, ele tem uma saúde impressionante e uma rotina de vida completamente diferente.

Vilson Nunes entrevistando Birigui (Foto: Portal Vilson Nunes)

Durante a entrevista, Birigui esclareceu que, precisou ser bastante paciente e consciente com as críticas, pois pessoas diziam “você vai adoecer, vai pegar uma anemia profunda e  vai morrer”, mas ele não desistiu e se manteve firme no seu propósito. [Confira a entrevista completa]

O ano de 2021 está terminando, e o atleta guanambiense já coleciona diversas vitórias nas competições que disputou. No mês de novembro, Birigui venceu a Ultramaratona realizada em Guanambi, após percorrer 60 km e ficar em primeiro lugar na categoria. No total, foram 3 horas e 58 minutos correndo. Além disso, no dia 22 de agosto de 2020, data do seu aniversário, ele conseguiu um feito inacreditável ao vencer o desafio de correr 100 km de Guanambi a Carinhanha. Ele fez o percurso em  sete horas, trinta e dois minutos e vinte e nove segundos.

Birigui começou a correr e não parou mais. Um ano depois já não era mais uma corrida leve, era em ritmo forte e indo cada vez mais longe e superando seus próprios recordes. A paixão pela corrida aumenta a cada minuto, a cada hora, a cada dia. Em sua fala, ele informou que neste ano, havia estabelecido uma meta pessoal de correr 7.000 km, no entanto, na última corrida do ano, feita na manhã desta sexta-feira (31), ficou registrado pelo aplicativo Strava, que ele conseguiu a marca de 7.403 km, um recorde impressionante.

Feito por Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.