EXCLUSIVO: Em entrevista ao PORTAL VILSON NUNES, servidora nega extorsão e esclarece que fazia serviços particulares aos finais de semana; pacientes manifestam apoio à mulher; OUÇA

Entrevista Portal Vilson Nunes (Vivian Nunes/Portal Vilson Nunes)

Em entrevista exclusiva concedida ao PORTAL VILSON NUNES, na tarde deste sábado (28), a ex-servidora da prefeitura de Guanambi, Lane Hebe Farias Leão Fonseca, 42 anos, negou que estivesse extorquindo pacientes para marcação de exames e cirurgias na cidade de Salvador (BA), conforme denúncia feita por uma paciente – não identificada – do programa Transporte Fora do Domicílio (TFD), em matéria divulgada pelo site Achei Sudoeste. Após a divulgação da notícia, a prefeitura de Guanambi decidiu rescindir o contrato com a mulher. Ela estava na função desde 2014.

Questionada pela reportagem, Lane esclareceu que recebeu dinheiro de alguns pacientes para fazer serviços particulares fora do expediente, mas ressaltou que jamais cobrou qualquer centavo para prestar os serviços relacionados à função que desempenhava. “Como tem pacientes que são coisas particulares pra fazer, como  está tendo a pandemia o paciente não tem como ir ou fica com medo de ir, ele virava e falava assim, tem que mostrar os exames para o médico e isso não é minha função, aí ele dizia pra mim que pagaria meu Uber e meu lanche pra eu mostrar ao médico os exames dele, como eu recebia pouco, eu fazia isso, não pelo dinheiro, também pelo paciente, pois você sair daqui a 850km para mostrar um exame se você pode ter uma pessoa lá pra fazer isso, eu fazia de boa“, afirmou. [ouça a entrevista completa]

PACIENTES ENCAMINHARAM MENSAGENS À FAVOR DA EX-SERVIDORA

Após a divulgação da notícia, diversos pacientes do TFD enviaram mensagens de texto e áudios ao PORTAL VILSON NUNES declarando apoio à ex-servidora Lane Hebe. Ouça alguns depoimentos dos cidadãos, identificados pelos prenomes: Aparecido; Maria do Carmo; Regiane; Vera. [confira]

Feito por Portal Vilson Nunes

One thought on “EXCLUSIVO: Em entrevista ao PORTAL VILSON NUNES, servidora nega extorsão e esclarece que fazia serviços particulares aos finais de semana; pacientes manifestam apoio à mulher; OUÇA

  1. Infelizmente quem vai perder é o povo doente de Guanambi , mas ela uma pessoa de coração bom continuará ajudando , e o mais importante , não só por dinheiro mas sim pelo prazer de fazer apenas pelos conterrâneos dela a terra natal que tanto ama .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.