Dissertação feita por mestrando montealtense na UFJF avalia como professores utilizam tecnologias em escolas estaduais de MG

Foto: Divulgação

Uma dissertação realizada na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) analisa como professores procuram utilizar Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) nas escolas estaduais de Ouro Preto, Minas Gerais. A pesquisa foi desenvolvida pelo mestrando montealltense Jarbas Glauber Santos Lopes, por meio do Programa de Pós-graduação em Gestão e Avaliação da Educação Pública.

Segundo o pesquisador, o estudo foi pautado na análise das respostas de um questionário aplicado a professores de três escolas públicas estaduais de ensino médio da região. Dessa forma, ele percebeu variações na predisposição dos docentes para utilização das TICs como recursos pedagógicos. Estas, segundo Jarbas, podem estar relacionadas à ausência de propostas institucionais que incentivem o uso dessas ferramentas, à falta de infraestrutura e de suporte técnico nas escolas, à resistência dos docentes para a utilização dos recursos, e à deficiência na formação desses profissionais de ensino.

Jarbas revela que nas escolas públicas nas quais trabalhou, era visível o anseio dos jovens pela tecnologia. Nesse contexto, o pesquisador propõe o Plano de Ação Educacional (PAE), que reúne ações que podem auxiliar o corpo docente no emprego de tecnologias, bem como que ajudem a inserir as escolas em dinâmicas que estejam mais voltadas aos reais interesses dos estudantes. Entre as iniciativas, o PAE sugere a parceria entre as escolas, o Núcleo de Tecnologia Educacional  (NTE) e a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP); utilização das reuniões de módulo II para cursos de formação para o uso das TICs na sala de aula e seminários de boas práticas. “A gente não pode mais bater de frente com isso, temos que buscar formas de usar essas ferramentas a nosso favor”, ressalta Jarbas.

O professor orientador, Gilmar José dos Santos, reafirma o aumento no uso das tecnologias, principalmente entre os jovens, e a complexidade na inserção desses recursos no processo de ensino-aprendizagem. Segundo ele, esse tema representa importância para a comunidade acadêmica e para a sociedade, uma vez que contribuiu para o debate acadêmico e futuras pesquisas sobre o tema e trata de um assunto fundamental para a formulação de políticas públicas e programas que visem a inserção das TICs em sala de aula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.