Dinheiro público financia show com forte conotação sexual no Carnaval de Carinhanha

Foto: Edu Vale/Agência Sertão

Muita gente que foi ao circuito do Carnaval de Carinhanha nesse domingo (23) ficou constrangida com as letras das músicas apresentadas pela primeira atração da noite, a MC Mirella.

A funkeira paulista subiu a avenida cantando músicas com forte conotação sexual, deixando parte do público perplexa com o que foi classificado por muitos foliões como baixaria. O atraso no início dos shows também causou reclamações, o primeiro trio saiu por volta de 1h30.

“Não deu para acreditar quando ouvi, esperei com minha família até quase 2h da manhã pelo início da festa e quando começou foi essa baixaria total. A prefeitura não deveria promover esse tipo de show no nosso município”, disse uma professora que estava no circuito.

Outro folião usou a redes sociais para se manifestar. Tharcisio Braga disse que o prefeito Geraldo Pereira Costa, o Piau, “não tem nenhum respeito pela população, uma festa que começou quase duas da manha, e com uma verdadeira baixaria”, disse.

Além das reclamações devido às letras pesadas da MC paulista de 21 anos, quem gostou do show ficou decepcionado ao ver o trio voltando vazio após contornar a avenida. A funkeira terminou o show e acabou sendo vaiada pelo público pois não completou o circuito.

Segundo a publicação do Diário Oficial do Município de Carinhanha, a prefeitura desembolsou o valor de R$ 45 mil pelo cachê de MC Mirella, com uma hora de duração.

Paredão Zangado

O Carnaval de Carinhanha é um dos principais eventos da região de Guanambi e atrai muitos turistas. Frequentadores da festa tem reclamado do descontrole dos paredões de som no Balneário Pontal e na Praça da Matriz.

Os proprietários dos veículos com os equipamentos de som potentes não chegam a um acordo entre si e promovem uma disputa de quem tem o som mais alto, sendo impossível para o folião entender quais músicas estão sendo executadas.

Fonte: Agência Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.