Comerciante comete suicídio por enforcamento no centro de Candiba

Viatura do DPT de Guanambi (Foto: Portal Vilson Nunes)

Um homem, identificado como Emerson Silva Rocha, conhecido como “Tonguinha”, 43 anos, cometeu suicídio dentro de sua loja de móveis, situada na rua Dom Pedro II, no centro de Candiba (BA). A vítima foi encontrada morta por volta das 19h30 desta segunda-feira (13). O homem utilizou uma corda para se enforcar.

Uma guarnição do 17º BPM isolou a área. Em seguida, uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local e encaminhou o corpo do falecido ao Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi para ser necropsiado. Não foi informado se o comerciante apresentava sinais de depressão.

Depressão – como ajudar quem tem essa doença?

A depressão precisa de tratamento médico. Por isso, sempre que houver desconfiança em relação à sua existência, é necessário buscar apoio profissional. Além do auxílio profissional, também é essencial que o paciente conte com uma rede de apoio, com familiares e amigos dispostos a ajudá-lo. Estar disponível para conversar e ouvir é uma das coisas mais importantes que as pessoas próximas podem fazer por quem tem depressão.

Pesquise sobre a doença e cuide ainda da sua própria saúde mental. Conviver com pessoas depressivas não é uma tarefa fácil e você precisa se fortalecer para ajudá-las. A depressão e o risco de suicídio em jovens adultos são perigosos e precisam ser encarados com seriedade, por isso não pense que apenas palavras de incentivo e uma atitude positiva são suficientes para o paciente.

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone 188, email e chat 24 horas todos os dias. Dúvidas, acesse o site https://www.cvv.org.br/

Feito por: Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.