Capitão da reserva da PM é preso acusado de abuso sexual contra menina de 12 anos em Guanambi; comandante do 17º BPM esclarece providências

Foto: Reprodução

Um capitão da reserva da PM – que não teve o nome divulgado – em virtude do processo tramitar em segredo de justiça – foi preso na manhã da última quinta-feira (22), por policiais da Corregedoria da instituição, acusado de abuso sexual contra uma menina de 12 anos. O fato teria ocorrido na cidade de Guanambi (BA).

O comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar de Guanambi (17ºBPM), Tenente Coronel Arthur Mascarenhas, emitiu explicações sobre a prisão e quais as providências adotadas. Mascarenhas informou à imprensa na manhã deste sábado (24), que não havia se pronunciado antes, pois estava adotando todas as providências que o caso exigia. Ele afirmou que não poderia relatar o caso em si, pois o processo corre em segredo de justiça. “Fui advertido pelo juiz dessa condição, e como autoridade pública tenho o dever de zelar por esse segredo e em respeito à menor e sua família”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.