Após sangramento da barragem de Ceraíma, Grupo de Trabalho contra enchentes monitora o nível das águas que descem para os bairros da zona urbana

Foto: Divulgação

Quando o nível da barragem de Ceraíma faltava mais de 1 metro para atingir o seu limite e as previsões apontavam para continuidade das chuvas, o prefeito Nilo Coelho determinou providências de planejamento e prevenção, para que os moradores das partes baixas da cidade e a gestão, não fossem pegos de surpresa. Desde as primeiras horas da madrugada que membros do Grupo de Trabalho monitoram os níveis das águas que descem para bairros da zona urbana.

Grupo de Trabalho

Um Grupo de Trabalho formado por todas as secretarias municipais, Comando do 17º BPM, Defesa Civil Municipal, Corpo de Bombeiros Militar, INEMA, Codevasf monitoram os regimes das chuvas e suas previsões, planejaram ações como comunicado aos moradores da área mapeada pela equipe técnica.

Sem risco de rompimento

De acordo com o coordenador de segurança de barragens da Codevasf, o hidrólogo Sérgio Farias garantiu que neste momento não há o risco de a barragem de Ceraíma romper e causar grande impacto de destruição na cidade. O que poderá acontecer, após cerca de 30 a 40 mm de chuvas, é a água da barragem verter lateralmente, ou seja, sangrar, afirmou após reunião com o GT na última quinta-feira (6), o que acabou se confirmando.

Prevenção

Como caráter preventivo, a Prefeitura de Guanambi por meio da Secretaria de Infraestrutura já deixou à disposição dos moradores das áreas em alerta, caminhões e equipes para realização de mudanças. Em caso extremo que resulte em famílias deixarem seus lares, essas não ficarão desabrigadas, pois escolas municipais também já estão prontas e equipadas para recebê-las e dar todo suporte necessário, além de carros e ônibus já estarem de prontidão para transporte de possíveis desabrigados.

Monitoramento de barragens

Profissionais do INEMA estão monitorando e vistoriaram as condições das barragens da zona rural e atualizando a situação para os membros do GT. As secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e o vice-prefeito Nal monitoram junto com o Codevasf, os níveis das barragens de Ceraíma e Poço do Magro, assim como as vias de acesso das regiões da zona rural.

Defesa Civil Municipal

Membros da Defesa Civil Municipal percorreram toda a margem do riacho após o sangradouro da barragem de Ceraíma, onde juntamente com servidores da Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Saúde e alertaram as famílias sobre os níveis de alerta e deixando contatos telefônicos para casos de urgência. Já foi realizado o trabalho topográfico das regiões que possam ser atingidas em caso das chuvas persistirem e todos serão avisados.

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar

As duas instituições seguem em alerta e trabalhando em diálogo direto com as autoridades, prontos para agir, quando acionados.

Contato para Emergência

A Secretaria de Infraestrutura disponibilizou o número: (77) 9 9982-9438 (Vivo – WhatsApp) para a população em áreas de risco. A Prefeitura de Guanambi tranquiliza a população por meio de seus canais oficiais e informa que todo um plano de ação para um possível sangramento da barragem já foi montado.

Fonte: Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.