Além de Guanambi, Vitória da Conquista também tem cantora no The Voice Brasil 2021; baianas foram aprovadas na 1ª fase do programa

Foto: Divulgação

Vitória da Conquista e Guanambi têm representantes no The Voice Brasil. A cantora conquistense Eulá, de 30 anos, foi aprovada na primeira fase do programa, quando os candidatos se apresentam fora da visão dos técnicos. Interpretando a canção “Céu Azul”, da Banda Charlie Brow Jr, todos os técnicos viraram suas cadeiras para a cantora. Agora, ela segue na competição em busca do prêmio de R$ 500 mil e de um contrato com a gravadora Universal Music. Para o público que acompanhou o programa de casa, ela disse que sofre com uma doença que não tem cura, a retinose pigmentar, que consiste na formação de pigmentos na retina que vão fechando o campo visual podendo levar a perda total do sentido. Podendo escolher qualquer um dos técnicos, Eulá acabou optando por integrar o time do técnico Lulu Santos.

Natural de Guanambi, Dielle Anjos, de 21 anos, também foi aprovada na primeira fase do The Voice Brasil. Dielle se apresentou nas audições às cegas interpretando a música “Nenhum Tchum” e virou a cadeira de Claudia Leitte, arrancando elogios da técnica. Na entrevista para o programa, Dielle contou que começou a cantar na igreja bem novinha, no distrito de Julião, em Malhada. Ela disse também que trabalha como design de sobrancelhas e que está feliz por representar Guanambi na competição.

Fonte: Achei Sudoeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.