17º BPM irá intensificar ‘Operação Kadron’ durante período de campanha eleitoral

Operação Kadron (Foto: Divulgação)

Com o início da propaganda eleitoral através de carreatas e passeatas, o 17º Batalhão da Polícia Militar irá intensificar a “Operação Kadron” com o objetivo de retirar de circulação motocicletas que estejam trafegando com alteração de características na emissão de ruídos nos escapamentos, provocando poluição sonora e perturbação do sossego e trabalho alheios.

Como é de costume esse tipo de conduta em campanhas eleitorais, o comando do 17º BPM recomendou a intensificação da “Operação Kadron” para inibir tal prática, salientando que o livre exercício da manifestação democrática será assegurado pela Polícia Militar dentro dos parâmetros legais.

O comandante do 17º BPM, Ten Cel PM Arthur Mascarenhas, orienta aos condutores de motocicletas que não utilizem seus veículos com a descarga irregular provocando poluição sonora e perturbação do sossego e trabalho alheios, pois se forem flagrados pela Polícia Militar, as motocicletas serão apreendidas e conduzidas para o pátio do 17º BPM e só serão liberadas após a devida regularização.

Nas reuniões ocorridas com os representantes das coligações partidárias, candidatos e advogados, foi solicitado que os referidos participantes orientassem seus correligionários no sentido de não utilizarem suas motocicletas com a descarga adulterada, e todos os presentes se comprometeram na conscientização de seus eleitores e correligionários.

Além da prática de crime de poluição sonora e da contravenção penal de perturbação do sossego e trabalho alheios, o condutor do veículo estará sujeito às sanções administrativas previstas no Código de Trânsito Brasileiro.

Desde a deflagração da Operação Kadron no dia 23 de novembro do ano passado, mais de 400 motocicletas foram retiradas de circulação por diversas irregularidades, dentre elas, a alteração de característica na emissão de ruídos nos escapamentos, o que trouxe uma paz para a cidade de Guanambi e Região.

Fonte: Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.