Secretaria de Assistência Social de Guanambi reforça a conscientização e combate à violência contra a mulher

Foto: Reprodução

Através da divulgação de números de telefones de apoio às mulheres vítimas de violência e campanha de incentivo à denúncia aos órgãos da rede de proteção, a Secretaria de Assistência Social encoraja, com a frase “Não se cale, quebre o silêncio”.

Muitos casos na cidade

“Infelizmente temos muitos casos de violência contra a mulher. Temos duas formas de combater isso: conscientizando e incentivando às vítimas a denunciar e fortalecer nossa rede de atendimento com os órgãos do Município, do Estado e a União”, argumenta a secretária de Assistência Social, Carla Maria. Com o lema “Juntas, somos mais fortes”, a campanha estimula as mulheres a buscarem ajuda na rede, disponibilizando os canais de apoio e combate à violência doméstica.

Redes de apoio em Guanambi:

O Ligue 180 é um canal de atendimento às mulheres, onde as denúncias são encaminhadas aos órgãos competentes que monitora o andamento dos processos e também, para os serviços especializados da rede de atendimento.

O CRAM – Centro de Referência de Atendimento à Mulher presta acolhimento e atendimento humanizado às mulheres em situação de violência, proporcionando atendimento psicológico e social e orientação e encaminhamentos jurídicos necessários e pode ser contactado no número: (77)9 99962 – 2256.

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – CMDM, também faz parte da rede de proteção de natureza consultiva, deliberativa e fiscalizadora da Política Municipal dos Direitos da Mulher em articulação com a Secretaria Municipal de Assistência Social e pode ser contatado no telefone: (77) 9 9961 – 4379.

A Procuradoria da Mulher na Câmara também faz parte dessa rede proteção, constituída dentro do Poder Legislativo do município, e pode ser contactada no telefone: (77) 9 9998 – 1564.

Fonte: Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.