TSE anula diplomação de Luiz Caetano e Charles Fernandes assumirá cadeira de deputado federal como titular

Share on facebook
Share on whatsapp
Luiz Caetano (PT) (Foto: Reprodução)

Por unanimidade, a presidente do Tribunal Superior (TSE), ministra Rosa Weber, determinou a execução imediata da inelegibilidade do deputado federal Luiz Caetano (PT). Sendo assim, a diplomação do petista está anulada.

Caetano era inelegível no pleito de outubro, mas conseguiu, através de liminar, disputar as eleições. Ele chegou a comemorar a sua diplomação nas redes sociais, mesmo com a decisão do TSE. No entanto, com a decisão de Rosa Weber, a diplomação está anulada. Caetano agora só poderá disputar eleições em 2031.

A ministra foi a favor de uma petição feita pelo primeiro suplente da coligação Frente do Trabalho por Toda a Bahia, Charles Fernandes (PSD), que ficará como titular da cadeira na Câmara dos Deputados. Caetano foi considerado inelegível por ter sido condenado por improbidade administrativa relativa a fatos ocorridos quando ele era prefeito do município de Camaçari.

Fonte: Bocão News