População de Guanambi protesta contra a construção da barragem de rejeitos da Bamin

Share on facebook
Share on whatsapp
Foto: Leitor do Portal Vilson Nunes
cats
Foto: Leitor do Portal Vilson Nunes

Centenas de pessoas, protestaram na manhã desta quinta-feira (6), em Guanambi, contra a proposta da construção da Barragem de Rejeitos da Mina Pedra de Ferro, liderada pela Bahia Mineração (Bamin) na região do Alto Sertão.

A manifestação se concentrou na praça da Igreja Matriz de Santo Antônio, e em seguida tomou as principais ruas da cidade. O protesto reuniu professores, alunos, líderes comunitários, comerciantes e a comunidade em geral.

WhatsApp Image 2019-06-06 at 08.04.00Durante a caminhada, os participantes expuseram faixas com os seguintes dizeres: “A população precisa ser ouvida, precisamos preservar a vida”; “Não queremos rejeitos, queremos respeito”; “Mineração sem participação só traz destruição”; “Respeite nossos direitos. Fora Bamin e Barragem de Rejeitos”; “A plateia responde: Água sim, lama não”.

WhatsApp Image 2019-06-06 at 08.07.04Na semana passada, o povo de Guanambi compareceu em grande número na sessão da Câmara de Vereadores, para demonstrar sua insatisfação com a barragem de rejeitos. Naquela ocasião, os técnicos da empresa explicaram que o projeto é viável, no entanto, não conseguiu convencer os populares e os vereadores.

A barragem de rejeitos que a Bamin pretende construir terá 180 milhões de metros cúbicos e será instalada no leito do riacho Pedra de Ferro, na divisa dos municípios de Caetité e Pindaí. O riacho Pedra de Ferro é um dos afluentes do rio Carnaíba de Dentro, um dos principais formadores do lago da barragem de Ceraíma, distrito de Guanambi. A barragem de Ceraíma tem capacidade para 58 milhões de metros cúbicos.

Fonte: Portal Vilson Nunes