Não escovar os dentes aumenta risco de disfunção erétil, diz estudo

Share on facebook
Share on whatsapp
Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

Homens que não escovam os dentes pelo menos duas vezes ao dia estão até três vezes mais propensos a sofrer de disfunção erétil, aponta uma revisão de estudos publicada no periódico científico Journal of Sexual Medicine. O motivo para esse aumento no risco seria a gengivite – doença odontológica causada pela falta de escovação.

Segundo os pesquisadores chineses, os problemas estão conectados porque ambas são causadas pelo mesmo tipo de inflamação que afeta os vasos sanguíneos. De acordo a pesquisa, quadros de gengivite e impotência sexual são causados pelo mesmo tipo de inflamação nos vasos sanguíneos: um aumento no nível da proteína C-reativa (CRP, na sigla em inglês) no organismo. A substância é produzida no fígado e indica a ocorrência de processos inflamatórios.

A CRP também encontra-se elevada em homens com doença cardíaca, o que segure que os danos são causados inicialmente aos vasos sanguíneos menores, como os encontrados no pênis e na boca, antes de afetar artérias maiores.

Fonte: VEJA