Ex-governador Garotinho é preso pela PF enquanto apresentava programa de rádio

Share on facebook
Share on whatsapp
Ex-governador do Rio de Janeiro Garotinho (Foto: Reprodução)

O ex-governador do Rio Anthony Garotinho foi preso pela Polícia Federal, na manhã desta quarta-feira (13), em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo informações de O Globo, agentes cumpriram o mandado de prisão domiciliar e chegaram por volta das 10h30 na Rádio Tupi, onde ele apresentava seu programa diário.

De acordo com a PF, o ex-chefe do Executivo fluminense foi alvo de um mandado de prisão domiciliar, medida cautelar deferida pela Justiça Eleitoral. Ele responde por suposta compra de votos na cidade de Campos dos Goytacazes, berço político da família Garotinho.

O ex-governador, que já estava em casa por volta de 17h40, cumprirá prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica. Além disso, ficará impedido de usar telefone celular e ter contato com quaisquer pessoas que não sejam advogados ou familiares.

Na mesma decisão, Garotinho também foi condenado, em primeira instância, à prisão em regime fechado pelos crimes de corrupção eleitoral, associação criminosa e supressão de documentos públicos. A sentença, porém, ainda precisa ser confirmada em segunda instância para que a pena possa ser aplicada.

Fonte: Congresso em Foco