Câmaras de Bom Jesus da Lapa e Pindaí são investigadas por compra de diplomas de mérito

0
122
Foto: Reprodução

As Câmaras Municipais de Bom Jesus da Lapa e Pindaí foram as que mais gastaram com compra de diplomas e medalhas – que são vendidos por empresários espertalhões, a título de honraria, por suposto destaque na administração municipal em cidades do interior do Brasil, de acordo com o Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA). Segundo informou o TCM ao site Achei Sudoeste, nos anos de 2017 e 2018, as duas câmaras pagaram R$ 12424,00 em premiações ao Instituto Tiradentes. O parlamento de Bom Jesus da Lapa, presidido pelo vereador Miguel Leles da Rocha (PSL), gastou R$ 6594,00, e Pindaí, sob o comando de Julizá Dourado Xavier (MDB), R$ 5830,00.

A decisão de instaurar a investigação para punir os gestores públicos baianos envolvidos foi tomada pelo presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, após reportagem exibida pela Rede Globo, no programa Fantástico, no último domingo (05), denunciando a verdadeira indústria de venda de homenagens que existe no país. A reportagem comprovou a venda de “diploma de mérito e medalha” ao mostrar um jumento – que foi identificado como administrador municipal – sendo homenageado como um dos “cem melhores prefeitos do país”. As prefeituras de Lagoa Real e Jussiape também estão sendo investigadas.

Fonte: Achei Sudoeste

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.