noticias Bolsonaro contradiz porta-voz, revoga decreto de armas e edita...

Bolsonaro contradiz porta-voz, revoga decreto de armas e edita nova versão

-

Bolsonaro contradiz porta-voz, revoga decreto de armas e edita nova versão

Foto: Divulgação

Menos de quatro horas depois de o porta-voz da presidência, general Otávio Rêgo Barros, dizer que não haveria revogação do decreto das armas, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anulou nesta tarde a legislação referente a armas lançada pelo governo federal em maio deste ano – que poderia ser derrubada agora por medida que tramita no Congresso Nacional. Um artigo de decreto de 2018 e dois do ano 2000 também foram revogados em edição extra do Diário Oficial da União de hoje, que também traz novos três decretos sobre o tema.

Em mensagem ao final da publicação da edição extra, Jair Bolsonaro ainda afirma encaminhar ao Congresso Nacional projeto de lei sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, e sobre a definição de crimes. Não há mais informações sobre essas iniciativas.

O que Bolsonaro revogou hoje:

Decreto 9.797 de 2019, assinado por ele mesmo em 21 maio. Nele, Bolsonaro recuava de alguns pontos considerados polêmicos da primeira versão do decreto de armas – como um artigo que poderia abrir espaço para o embarque a passageiros armados em voos no Brasil e acesso a fuzis.

Decreto 9.785 de 2019, também de Bolsonaro – o primeiro editado por ele sobre armamentos. Deu porte de armas a políticos, advogados e jornalistas.

O artigo 34-A do Decreto nº 9.607, de 2018, que listava quem tinha autorização para importar produtos de defesa – a lista incluía administração pública, integrantes das Forças Armadas e representações diplomáticas.

Os artigos 183 e 190 do decreto 3.665 de 2000, que tratavam de produtos que só poderiam ser importados depois de autorização do Exército;

Quais decretos foram publicados por Bolsonaro hoje:

Decreto 9.844 de 2019: sobre aquisição, cadastro, registro, porte e comercialização de armas de fogo e de munição, sobre o Sistema Nacional de Armas e o Sistema de Gerenciamento Militar de Armas;

Decreto 9.845 de 2019: sobre aquisição, cadastro, registro e posse de armas de fogo e de munição;

Decreto 9.846 de 2019: sobre registro, cadastro e aquisição de armas e de munições por caçadores, colecionadores e atiradores.

Fonte: UOL

Últimas Notícias

CAESG prende homem com 11 pinos de cocaína em Palmas de Monte Alto

Um jovem de 22 anos, identificado como Alexandre Marcos Cotrim de Matos, mais conhecido como 'Lé Poeira', foi preso...

Palmas de Monte Alto: Homem é preso pela CAESG após ser flagrado com drogas no distrito de Rancho das Mães

Um homem, identificado como Diego Teixeira de Souza, 23 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (15), após ser...

Operação Força Tática: PM prende suspeito de tráfico de drogas no bairro Beija Flor, em Guanambi

Nesta terça-feira (15), durante a Operação Força Tática, nas imediações da rua José Neves Teixeira, bairro Beija Flor, em...

Malhada: Esposa do vereador Jorge Aragão (PT) é condenada pela Justiça Federal por receber indevidamente benefício do Bolsa Família; confira sentença

A moradora do distrito de Parateca, Lindinalva Frota Aragão, esposa do vereador de Malhada, Jorge Aragão (PT), foi condenada...

Montealtense é preso em flagrante, após descumprir medidas protetivas da Lei Maria da Penha, em Guanambi

O montealtense, identificado como Valdinei Macêdo Santos Silva, vulgo ''Nein', 47 anos, foi preso na manhã do último sábado...

Polícia Civil prende homem que teria assassinado mulher a mando do ex-companheiro dela em Paramirim

Um homem, identificado como Rony Silva de Souza, vulgo 'Roninho', foi preso nesta segunda-feira (14), por policiais civis da...

Mais lidas

- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you