Defesa de Temer pede suspeição de Janot no STF

Temer e Janot (Foto: Divulgação)

A defesa do presidente Michel Temer pediu nesta terça-feira (8)  a suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nas investigações que envolvem o presidente. “Já se tornou público e notório que a atuação do PGR, em casos envolvendo o presidente, vem extrapolando em muito os seus limites constitucionais e legais inerentes ao cargo que ocupa. Não estamos, evidentemente, diante de mera atuação institucional”, escreveu Antônio Cláudio Mariz, advogado de Temer, no pedido ao Supremo protocolado na corte.

O embate entre o presidente e o procurador-geral teve início em maio deste ano, por causa da delação premiada de sete executivos da JBS. Ontem, o advogado de Temer, Antônio Mariz, já havia sinalizado que este seria o caminho a ser seguido. “Estamos realmente estudando essa possibilidade, mas não há uma definição ainda”, afirmou Mariz.  A defesa de Temer está tentando ter acesso a documentos de inquéritos que envolvem o presidente para estudar o caso e tomar uma decisão. Entre os documentos desejados estão relatórios da Polícia Federal e registros dos Ministério Público Federal sobre as investigações.

Fonte: Correio 24h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.