Bom Jesus da Lapa: Mesmo com promessa feita pelo governador, CPM ainda não tem data confirmada para ser inaugurado e população fica frustrada

CPM de Bom Jesus da Lapa (Foto: Reprodução)

Nos últimos dias, diversos cidadãos da região de Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, mantiveram contato com a reportagem do PORTAL VILSON NUNES cobrando sobre o início das matrículas do Colégio da Polícia Militar (CPM) no município, que fora prometido pelo governador da Bahia, Rui Costa.

Tudo começou no dia 05 de dezembro de 2020 quando Rui esteve em Bom Jesus da Lapa para realizar algumas inaugurações. Naquele dia, ele visitou as instalações do colégio Agenor Magalhães (prédio que a prefeitura cedeu para o governo instalar o CPM) e autorizou o Secretário Estadual de Educação Jerônimo Rodrigues a iniciar o processo de implantação do Colégio da Polícia Militar na referida cidade. A partir daquele momento, os moradores de Bom Jesus da Lapa e região acreditaram que teriam a chance de matricular seus filhos em um colégio militar, já que os CPMs mais próximos da cidade estão localizados em Barreiras e Vitória da Conquista e muitos pais mesmo tendo vontade não dispõem de condições de custear os gastos com os filhos nestas cidades.

No dia 23 de agosto de 2021, o governador Rui Costa ao conceder uma entrevista coletiva para rádios de Guanambi e região voltou a afirmar que o CPM de Bom Jesus da Lapa iria funcionar no ano letivo de 2022. [ouça]

Porém, neste último sábado (15), o Edital para o processo seletivo dos CPMs da Bahia foi publicado no Diário Oficial, e não consta nenhum CPM na cidade de Bom Jesus da Lapa na lista de colégios, o que consequentemente frustrou à população que estava esperançosa.

Vale ressaltar, que no dia 30 de dezembro de 2021, a Câmara Municipal de Bom Jesus da Lapa aprovou um termo de doação, doando o prédio do colégio Agenor Magalhães para o governo do estado instalar o CPM, mas o processo parou por aí.

Diante desses acontecimentos, a nossa redação entrou em contato com a prefeitura de Bom Jesus da Lapa e com a Secretaria Estadual de Educação da Bahia questionando se de fato o CPM começaria a funcionar esse ano com inauguração prevista para fevereiro e como andava o planejamento visto que o processo de matrícula dos CPMs acontece por meio de sorteio eletrônico acompanhado inclusive pelo Ministério Público. O prefeito Fábio Nunes não retornou às mensagens e o pessoal da Secretaria Estadual de Educação solicitou que os questionamentos fossem enviados por e-mail, o que fora feito desde o dia 11 de janeiro, e até a publicação desta matéria não foi dado nenhum retorno.

Na manhã desta segunda-feira (17), a reportagem voltou a manter contato com a Secretária Municipal de Educação de Bom Jesus da Lapa. A gestora da pasta confirmou a indecisão da implantação e a revolta dos cidadãos que vem pressionando diariamente atrás de respostas. “Estou tentando contato agora com a Secretaria do estado”, disse.

Sem datas ou previsões que confirmem a promessa do governador, a população de Bom Jesus da Lapa e região que sonha em matricular seus filhos em um Colégio Militar se veem frustrados e decepcionados, pois alimentaram um sonho que pelo visto está longe de se tornar realidade. O PORTAL VILSON NUNES permanece à disposição para ouvir os esclarecimentos dos órgãos competentes.

Feito por Portal Vilson Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.