O presidente Michel Temer  (Foto: Adriano Machado)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, autorizou na tarde dessa quinta-feira (18), a abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Com a decisão, Temer passa formalmente à condição de investigado na Operação Lava Jato.

A Constituição diz que o presidente da República só pode ser investigado por atos cometidos durante o exercício do mandato e com autorização do STF. Os fatos narrados por Joesley Batista na delação teriam sido cometidos em março deste ano, quando Temer já ocupava a Presidência.

Fonte: Bocão News

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here