desembargador João Pedro Gebran Neto (Foto: Divulgação)

O relator no julgamento de Lula no TRF-4, o desembargador  João Pedro Gebran Neto  proferiu seu voto há mais de duas horas. Para ele, há provas suficientes para condenar o petista no caso envolvendo o tríplex no Guarujá.

De acordo com Gebran, Lula “tinha ciência” de que o imóvel estava “reservado” para si, “sem que tivesse vertido recurso para tal aquisição.” Para Gebran, Lula e familiares “estiveram na unidade solicitando modificações (…) que não apenas foram feitas, mas foram vistoriadas.”

Gebran acatou o pedido do MPF para ampliação da pena do ex-presidente pelo crime de corrupção, passando de nove para 12 anos de prisão.

Fonte: Bocão News

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here