Prefeitos investigados pela PF têm pedido de retorno aos cargos negado pelo STJ

Foto: Reprodução

Os prefeitos afastados de Porto Seguro, Cláudia Oliveira (PSD), e Eunápolis, Robério Oliveira (PSD), tiveram as solicitações para a retomada dos seus respectivos cargos negadas pelo ministro Ribeiro Dantas, da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O afastamento havia sido ordenado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, acatando solicitação do Ministério Público Federal (MPF) no âmbito da Operação Fraternos, da Polícia Federal. As investigações, deflagradas na última terça-feira (07/11) pela PF, investigam um esquema de desvio de dinheiro de mais de R$ 200 milhões nas prefeituras das duas cidades. O prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD), irmão de Cláudia também está afastado do cargo.

Fonte: Sudoeste Bahia