Pedido de prisão de Aécio Neves será julgado pelo STF no dia 20

Senador Aécio Neves (Foto: Divulgação)

O pedido de prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG), feito pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot, será julgado pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) no próximo dia 20 de junho. Além disso, o colegiado, composto por cinco integrantes da Corte, também vai examinar o recurso do parlamentar para voltar ao cargo. Para a PGR, a prisão de Aécio é necessária para evitar que ele atrapalhe as investigações. Entretanto, o relator da Operação Lava Jato no STF, Edson Fachin, recusou o pedido, mas determinou que o tucano se afastasse do mandato, além de proibir que ele entrasse em contato com outros investigados e saísse do país.

O ministro Marco Aurélio Mello assumiu a relatoria do inquérito contra Aécio após Fachin determinar o desmembramento das investigações, que corriam no mesmo inquérito que apura condutas do presidente Michel Temer. Além de Marco Aurélio, integram o colegiado os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Alexandre de Moraes.

Fonte: Bahia Notícias