Foto: Marcos Alves
Foto: Marcos Alves

A presidente Dilma Rousseff oficializou nesta sexta-feira (27), a escolha do filósofo Renato Janine Ribeiro para comandar o Ministério da Educação, cargo que estava vago desde quarta-feira da semana passada, quando Cid Gomes pediu demissão. A posse do novo ministro será no dia 6 de abril. Janine fez carreira na academia. Professor de Ética e Filosofia Política na Universidade de São Paulo (USP), ele trabalhou no governo Lula de 2004 a 2008 como diretor de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação.

Sua escolha surpreendeu porque a pasta da Educação era disputada por petistas e peemedebistas e, recentemente, ele fez críticas duras tanto a Dilma como ao PT. Em entrevista à edição de março da revista “Brasileiros”, Janine criticou o fato de os avanços sociais do país nos últimos anos terem ocorrido pela via do consumo e disse que a presidente Dilma está isolada porque não dialoga. Ele também afirmou que a maior parte do ministério “é fraca”. Apesar de ter declarado voto na petista, ele disse ter se sentido “enganado” em relação ao modo de Dilma governar.

Fonte: Sudoeste Bahia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here